Portugues: Neste shabat, em todas as sinagogas serà lido a primera parasha do quarto livro do pentateuco, Bamidbar (no deserto), ou nùmeros, como é conhesido mundialmente. Quando um nobre entra em sua sala de tesouro, ele tem um grande prazer de contar cada moeda de ouro, cada brilhante, cada pérola e anota suas quantitades, depois as ordena cada grupo em seu devido lugar. 
Assim o Eterno disponibiliza três tribus nos quatro cantos do tabernàculo, perfazendo ad doze tribos de Israel. 
Esta Parasha é conhecida em hebraico como Bamidbar, no deserto e sempre antecede a festividade  em que os des mandamentos foram outorgados para a humanidade. Nos é ensinado que para receber algo devemos nos colocar  como copos vazios como o deserto. Assim poderemos absorver todo o conhecimento aì contido. 
Chag Shavuot Sameach.

Espanol: En este sábado, en todas las sinagogas se leerà la primera parashá del cuarto libro del Pentateuco, Bamidbar (en el desierto), o números, como se le conoce en todo el mundo. Cuando un noble entra en su cuarto del tesoro, se 
complace mucho en contar cada moneda de oro, cada diamante,  cada perla y anota sus cantidades, luego ordena a cada  grupo en el lugar que le corresponde. 
Así, el Eterno ofrece tres tribus en las cuatro esquinas del tabernáculo, que forman las doce tribus de Israel. 
Esta Parashá se conosce en hebreo como Bamidbar en el desierto y siempre precede al festival de shavuot, el día en que  los diez mandamientos fueron otorgados a la humanidade. Se nos ensenã que para recibir algo debemos colocamos como  vasos vacíos como el desierto. De esta forma, podremos absorber todo el conocimiento que contiene. 
Chag Shavuot Sameach.

Italiano: In questo sabato, in tutte le sinagoghe verrà letta la prima parasha del quarto libro del Pentateuco, Bamidbar  (nel deserto), o Numeri, come è noto in tutto il mondo. Quando un nobile entra nella sua stanza del tesoro, si diverte a
contare ogni moneta d’oro, ogni diamante, ogni perla e annota la loro quantità, quindi ordina ogni gruppo al posto giusto. 
Così l’Eterno offre tre tribù ai quattro angoli del tabernacolo, formando le dodici tribù di Israele. 
Questa parasha è conosciuta in ebraico come Bamidbar nel deserto e precede sempre la festa di shavuot, il giorno in cui i dieci comandamenti furono conferiti all’umanità. Ci viene insegnato che per ricevere qualcosa dobbiamo metterci come  vasi vuoti come il deserto. In questo modo potremo assorbire tutta la conoscenza in esso contenuta.
Chag Shavuot Sameach.

Dr. Nenê Sobel